Um evento de motocross com mais de 800 participantes terminou de forma trágica na tarde deste domingo (14), no bairro Canelinha, em Campo Magro, na região metropolitana de Curitiba. O motociclista Eder Smanhoto, de 38 anos, morreu após colidir com um caminhão que vinha no sentido contrário na Ursula Ercole Cumin, também chamada de Estrada do Campo Novo.

Segundo testemunhas, Eder teria feito uma curva aberta demais e acabou colidindo e morrendo na hora. Moradores da região reclamam que local é palco frequente de abusos de velocidade por parte de praticantes de motocross e trilhas.

O motorista disse que estava na mão, mas que Eder se perdeu na curva. No entanto, o caminhão estava sem tacógrafo.

Para Luciano Neves, que mora no local há 15 anos, a situação é muito complexa. “Fim de semana é um perigo para quem mora na região. Eu aviso até meus parentes quando vêm me visitar”, desabafou.

Sem bebidas

O secretário de obras do município, Mário Menegusso, era amigo pessoal da vítima e conversou com a reportagem do Paraná Online. Segundo Menegusso, Eder não era de beber e estava apenas acompanhando o evento, não participava.

Eder era dono de uma oficina de motos em Santa Felicidade e possuía e uma van de transporte escolar.

Com informações do repórter Jadson André.

Foto: Gerson Klaina.