Subir no ônibus, descer dele e atravessar a rua para chegar ao trabalho são situações que preocupam diariamente a assistente administrativa Alexia Caroline Gomes, de 23 anos. “Eu tenho dificuldade de locomoção, uso muletas desde os seis anos de idade e, infelizmente, muitas pessoas não respeitam isso”, lamenta, ao contar que um “anjo” apareceu para garantir sua segurança no trajeto.

Segundo a jovem, o motorista do ônibus que ela utiliza diariamente entre o terminal da Cidade Industrial de Curitiba (CIC) e a empresa localizada na Rua João Chede começou a auxiliá-la logo no primeiro dia de trabalho. “Ele me ajudava a subir no ônibus e depois descia comigo no ponto, o que me deixava muito feliz”, conta.

+Viu essa? Após pico de 16 mil casos ativos, Curitiba vê cenário da pandemia mudar

Só que ela não imaginava que a atitude daquele condutor da linha Interbairros IV a emocionaria ainda mais. “Alguns dias depois, ele pediu para que eu esperasse para atravessar, porque trancaria a rua para eu passar tranquila, e aquilo fez toda diferença para mim”, disse, emocionada. Lembrando que “ele faz isso todos os dias desde outubro do ano passado”.

Ação do motorista chamou atenção. Ele ajudou a mulher a desembarcar e ainda bloqueou a rua para que ela atravessasse em segurança para o o outro lado.
Ação do motorista chamou atenção. Ele ajudou a mulher a desembarcar e ainda bloqueou a rua para que ela atravessasse em segurança para o o outro lado. Foto: Reprodução.

Em entrevista ao Sempre Família, o motorista de 40 anos explicou que atua na função desde 2011 e sempre auxiliou seus passageiros. No entanto, a situação da jovem foi uma das mais marcantes porque ele viu a moça correr perigo.

“Eu a deixei no ponto um dia e fiquei acompanhando pelo retrovisor”, relatou Alesso Assis. “Na hora, um carro veio em alta velocidade, quase a atropelou e ela chegou a se desequilibrar para subir no meio-fio porque ali não tem guia rebaixada”.

A situação, de acordo com ele, o deixou tão desesperado que no mesmo instante ele decidiu que bloquearia o trânsito diariamente com o ônibus para que a passageira atravessasse aquela via em segurança. “Aí conversei com a moça no dia seguinte e já fazemos isso faz tempo”, afirmou.

+Ajude! Menino Erick perde função pulmonar e família precisa novamente de ajuda. Bora colaborar?

No entanto, a atitude ficou conhecida nas redes sociais apenas esta semana, quando outro passageiro — o coordenador de TI Paulo Britto, de 58 anos — decidiu filmar a ação do condutor e divulgar o vídeo. “Nem percebi que estava sendo gravado, mas ele me perguntou depois se podia postar, e eu autorizei”, disse Alexia, ao afirmar que jamais imaginou a repercussão que as imagens teriam.

Inclusive, a mãe dela também publicou a gravação com uma mensagem de agradecimento ao motorista. “Ainda existem pessoas boas como você no mundo”, escreveu a mãe Tânia Gomes, emocionada com o carinho recebido diariamente pela filha. “E eu vejo o cuidado de Deus em cada minuto do meu dia, pois Ele tem enviado anjos como o Alesso para me protegerem”, finalizou a jovem.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Alexia Caroline (@alexiia_carol)

Pantanal

Tibério proíbe Muda de falar com Alcides

Além da Ilusão

Úrsula rouba o bebê de Heloísa

Novidades

Comédia com Paulo Gustavo e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix, confira!

Carreira

Ganhadora do prêmio de pior atriz a vida rodeada de polêmicas, quem é Anne Heche?