A motorista Cassiane Aparecida Araújo Aires, que deixou ferido na madrugada de sábado (12) o motoboy Mozart Martins, de 32 anos, no bairro Rebouças, em Curitiba, preferiu ficar em silêncio no interrogatório que ocorreu na manhã desta sexta-feira (18). Cassiana segue detida após a prisão preventiva dela ter sido decretada, no final de semana, porque ela deixou o local do acidente e estava sendo considerada foragida. Ela está no no 5.º Distrito Policial, onde há espaço apropriado para mulheres, e foi levada para lá após se apresentar na Delegacia de Delitos de Trânsito de Curitiba na quinta-feira (17). Mozart Martins segue internado e cobra justiça.

+Assista! O Acidente foi flagrado em vídeo! assista!

Segundo o delegado da Polícia Civil Leonardo Carneiro, da Delegacia de Delitos de Trânsito, o trâmite da investigação segue agora com prazo de dez dias para ser concluído. “Por se tratar de réu preso, a Delegacia de Delitos de Trânsito tem dez dias para concluir o inquérito policial e apresentar quais foram os fatos apurados, durante todo esse procedimento”, disse.

A defesa da motorista disse à Tribuna, nesta manhã, que “ela irá falar no momento oportuno”. Os advogados explicaram que a opção pelo silêncio, neste momento, é em função do abalo emocional pelo qual a cliente está passando. A defesa também destacou que está em contato com a família da vítima para prestar todo o apoio. Cassiane chegou a ser considerada foragida pela Polícia.

O acidente ocorreu na madrugada do sábado, no cruzamento da Rua Nunes Machado com a Avenida Sete de Setembro. A Cassiane Aires atravessou a canaleta da Sete de Setembro, com suspeita de estar em alta velocidade, e atingiu o motoboy. “Estou com com muita dor por causa do pós-cirúrgico, muito abalado, com medo. Em relação à prisão, estou vendo que a justiça está sendo feita”, disse Mozart em entrevista ao Meio Dia Paraná desta sexta-feira.

Investigações preliminares da polícia e depoimentos de testemunhas indicam que a motorista estava com mais duas pessoas no veículo e há suspeita de embriaguez ao volante.