A Promotoria de Justiça das Comunidades, do Ministério Público do Paraná, realiza, na próxima segunda-feira (5), uma audiência pública no Bairro Alto, em Curitiba.

O objetivo da reunião será discutir pendências relativas às obras do Conjunto Moradias Faxinal, da Cohab, e a implantação do novo CMEI (Centro Municipal de Educação Infantil) do bairro. A audiência será realizada das 19h às 20h30, na Escola Municipal Kó Yamawaki, localizada na Rua Epaminondas Santos, 2.816.

A execução das obras do Conjunto Moradias Faxinal é acompanhado pela Promotoria desde 2010, quando a população ribeirinha, que vivia em situação de risco, se queixou do atraso na entrega das casas.

“Após a intervenção e acompanhamento da promotoria, mediante a realização de diversas diligências e audiências públicas, as obras foram retomadas, agilizando a entrega de 117 casas em 2011”, conta a promotora Swami Mougenot Bonfim.

Moradores relataram que a prefeitura prometeu a construção de um novo CMEI em 2011, o que não ocorreu. Por isso, pediram mediação da Promotoria junto aos órgãos municipais para reivindicar o cumprimento da promessa. Segundo Swami, a demanda da região é muito grande.