Curitiba registrou sua décima morte pela covid-19. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) divulgou nesta segunda-feira (20) um novo boletim epidemiológico em que confirmou a morte de uma mulher de 93 anos. Ela tinha hipertensão arterial e doença pulmonar, e estava entre os pacientes de maior gravidade acompanhados pela secretaria.

O boletim traz também mais 25 novos casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus em pessoas residentes na cidade. Curitiba chega a 426 casos desde o registro das primeiras ocorrências, no dia 11 de março. Há ainda outras 103 pessoas com suspeita da infecção (1.048 casos foram testados e descartados). 

+ Leia mais: PolloShop fecha suas portas após 25 anos de atividades em Curitiba

A boa notícia é que das 426 pessoas que testaram positivo para a covid-19, 210 estão liberados do isolamento.

Internamentos

Desde o primeiro caso confirmado na cidade, 128 pessoas precisaram de internamento devido a complicações causadas pela infecção pelo novo coronavírus – 59 continuam hospitalizados, 29 em estado grave.

Em Curitiba, a média de idade das pessoas confirmadas com covid-19 atualmente é de 43,5 anos (variando de 1 a 96 anos). Já a média de idade dos pacientes internados é de 59 anos.

A SMS investiga também óbitos suspeitos de covid-19: atualmente são 78 casos, 77 descartados e um que aguarda resultado.

Como prevenir a contaminação por coronavírus

  • Lavar as mãos com frequência/ ou utilizar álcool 70%, principalmente antes de consumir algum alimento;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter ambientes bem ventilados, evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações;
  • Pessoas com sintomas de infecção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar, preferencialmente com lenços descartáveis, e depois lavar as mãos).

Baixe o guia de prevenção para compartilhar!

Imprima esse guia em PDF com informações sobre a prevenção do Coronavírus e outras doenças respiratórias virais: