Deve ser votado nesta terça-feira (8), na Câmara Municipal de Curitiba, o projeto de lei da prefeitura que estabelece infrações e sanções a pessoas e empresas que descumprirem as medidas restritivas necessárias para o enfrentamento da disseminação da covid-19.

Os vereadores decidiram por unanimidade, na quarta-feira (2), votar a mensagem encaminhada pela Prefeitura de Curitiba em regime de urgência. Segundo o boletim mais recente da Secretaria da Saúde da capital, o número de mortes chegou a 1.840, enquanto os casos confirmados de contaminação estão em 87.050.

+ Leia mais: “Não vou ser a próxima Marielle”, diz Carol Dartora após ameaça de morte

A proposta que será avaliada pelos vereadores estabelece infrações e sanções para ação ou omissão, voluntária ou não, que viole as regras jurídicas previstas na lei, nos regulamentos, protocolos e normas que se destinem à promoção, preservação e recuperação da saúde no combate da pandemia.

+ Viu essa? Após erros de diagnóstico, criança de 4 anos precisa de R$ 50 mil para não perder o rim

As infrações poderão ser punidas com advertência verbal, multa, embargo, interdição, cassação do alvará de localização e funcionamento do estabelecimento. Poderão ser impostas uma ou mais sanções, conforme o estabelecido pela autoridade competente. As multas poderão variar de R$ 150 a R$ 150 mil, dependendo da penalidade.