Mesmo com o forte impacto econômico da pandemia da covid-19 no ano passado, a Prefeitura de Araucária, na região metropolitana, vai reduzir a tarifa de ônibus das linhas do sistema local. A passagem, que atualmente custa R$ 2,40, vai passar a valer R$ 2,20 a partir do dia 11 de janeiro.

Esta é a quarta redução consecutiva que a prefeitura anuncia desde 2018. O município ainda conseguiu implementar uma série de benefícios e gratuidades no transporte para públicos específicos, como gratuidade para todos os alunos da educação infantil ao ensino médio de instituições públicas. Os ônibus de Araucária também contam com internet e gratuidade aos domingos.

LEIA TAMBÉM Lembrete: boleto do IPVA 2021 não será enviado pelo Detran Paraná; saiba como pagar

Por causa da pandemia, o transporte coletivo teve o mês de abril como o período mais crítico. Em janeiro e fevereiro, os pagantes contabilizaram aproximadamente 700 mil. Já em abril, o número de passageiros caiu para 335 mil.

Mesmo com a diminuição na arrecadação, a prefeitura estima que o subsídio pago para custear o sistema de transporte em 2020 deva chegar em R$ 33 milhões. Em 2019, o valor chegou a R$ 25 milhões. No entanto, o custeio já foi muito maior. Em 2014, por exemplo, a prefeitura chegou a desembolsar R$ 42 milhões dos cofres públicos para pagar as contas do sistema de transporte.

“É importante esclarecer que, mesmo com a queda na arrecadação [catraca], mantivemos a mesma configuração do sistema que transportou 1 milhão de passagens/mês para atender quando tivemos apenas 400 mil passagens”, explicou o secretário de Planejamento, Samuel Almeida da Silva. 

Histórico de reduções

Em janeiro de 2018, a tarifa foi reduzida pela Prefeitura de R$ 4,25 para R$ 2,90. Em abril de 2019, caiu de R$ 2,90 para R$ 2,65 e, em novembro de 2019, passou a ser de R$ 2,40. A nova redução da tarifa para R$ 2,20 ocorrerá também mantendo a integração gratuita com as linhas metropolitanas, a integração temporal entre linhas do Triar (‘ponto a ponto’), a tarifa domingueira (gratuita) e as várias isenções previstas em lei.

Segundo a prefeitura, a redução da tarifa estimulam os moradores a utilizar o transporte coletivo local, o que pode favorecer o comércio do município, por exemplo. Para os empresários, é um apoio importante já que reduz o custo com transporte dos empregados. Para as famílias, é uma oportunidade de facilitar o acesso a atividades de interesse.

Benefícios e isenções do transporte

Os ônibus das linhas locais de Araucária contam com sinal de internet e o usuário pode fazer integração sem precisar ir a um dos terminais; mediante uso do cartão Triar.

Além disso, todos os usuários do transporte coletivo local (mediante uso do cartão Triar) têm gratuidade de tarifa aos domingos. Os estudantes de escolas públicas do município (da educação infantil ao ensino médio – incluindo turmas de EJA e Ceebja) também contam com isenção de tarifa durante o turno de aula. Há isenção também para pais/responsáveis de estudantes de até 12 anos que levam as crianças para a aula.

Crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e risco social que participam de programas da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) também contam com isenção. Há isenção também para integrantes da Banda Municipal de Araucária, alunos dos cursos e oficinas de artes da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo.

Alunos/atletas dos programas esportivos da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer já contavam com isenção desde 2012. A série de isenções contempla ainda o(a) acompanhante de pessoa com deficiência e os agentes comunitários de saúde.