Enquanto Curitiba estacionou na vacinação da covid-19 para 38 anos, nascidas no primeiro semestre, já tem cidade próxima 100 km da capital vacinando faixa etária de 23 anos com a primeira dose. O município é Paranaguá, no Litoral do Estado, que já vacinou 85.402 pessoas com a 1ª dose e 25.687 com a segunda dose.

Por causa da vacinação avançada, o município tem reforçado as medidas de segurança sanitária pois, infelizmente, muitos acham que não precisam mais se cuidar. “Esse é um engano perigoso. Mesmo com uma parcela grande da população vacinada, precisamos manter as medidas de prevenção porque o vírus continua circulando entre nós”, revela a superintendente de Vigilância em Saúde do município, Marianne Gomes.

LEIA TAMBÉM:

>> R$ 100 milhões prometidos por Greca para compra de vacinas seguem intocados, garante prefeitura

>> Vereadora de Curitiba é criticada e insultada ao homenagear capitalismo durante sua vacinação

A profissional lembra que realmente ocorreu diminuição no número de internamentos por Covid-19 no Hospital de Campanha sem registro de paciente nos últimos dias. A busca por consultas na Arena Albertina Salmon também caiu significativamente. “Estas são excelentes notícias e queremos que continue assim, mas para isso, é preciso a conscientização da população mantendo o uso de máscara, a higienização em especial das mãos e o distanciamento social”, ressalta.

Para Mariane Gomes é importante lembrar que mesmo com a abertura de alguns comércios que estavam fechados em virtude da pandemia, todas as medidas de prevenção decretadas devem ser mantidas. “Precisamos ter consciência e responsabilidade. Podemos sim, usufruir de espaços inclusive de lazer, mas com todos os cuidados determinados em decretos”, enfatiza a superintendente.