Uma ambulância velha, com placas de Curitibanos, adquirida em leilão, foi o pretexto para dois assassinos chamarem Aguinaldo Ribeiro Rua, 34 anos, conhecido como Neguinho, ao portão do sobrado no bairro Ganchinho, na tarde desta terça-feira (28). Ele ainda tentou correr, mas foi atingido com quatro tiros e caiu morto na calçada.

Conforme familiares, Aguinaldo costumava comprar carros velhos e arrumá-los para revendê-los. Foi um desses veículos, com marcas de tiros e estacionado na Rua Aristocleto Taborda Portela, em frente à casa dele, que os criminosos fingiram estar interessados.

Por volta das 13h, a dupla chamou por Neguinho e disparou contra ele. Como o sobrado estava cheio de familiares – entre eles três filhos – o homem correu para a rua, mas não conseguiu fugir dos assassinos. Ele foi atingido com três tiros de pistola 9 milímetros na cabeça e um nas costas. Segundo testemunhas, os atiradores fugiram em uma motocicleta.

A motivação do crime ainda é desconhecida. A investigação será feita pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O corpo da vítima foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML).