Os ganhadores do 30º sorteio do programa Nota Curitibana receberam seus prêmios nesta quarta-feira (12), pelas mãos do prefeito Rafael Greca (DEM). Quem ganhou o prêmio principal de R$ 50 mil foi a psicóloga Adriana Kosdra. Já os bancários Tatiele Eves e Luis Fernando Sbrissia, levaram para casa R$ 20 mil e R$ 10 mil, respectivamente.

LEIA AINDA – Nota Paraná faz novo milionário na região metropolitana de Curitiba

“Foi uma boa surpresa, no início achei que era trote, mas depois vi que ganhei mesmo R$ 50 mil. Eu, que nunca ganhei nem em bingo, dessa vez consegui”, comemorou Adriana Kosdra, que diz que sempre pediu CPF na Nota. “Sempre foi um costume, que se acentuou com o programa Nota Curitibana” afirmou a moradora do bairro Santa Quitéria.

Além dos três sorteados e graças à indicação feita por eles, a Associação de Ensino Social Profissionalizante (Espro) ganhou R$ 25 mil e a Associação Paranaense de Apoio à Criança com Câncer (antiga APACN) recebeu o prêmio de R$ 5 mil.

O prefeito Rafael Greca e a ganhadora do prêmio de R$ 50 mil do Nota Curitibana. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

“É com alegria que recebemos os ganhadores dos prêmios, que ajudam a combater a sonegação e ainda fazem o bem, indicando uma entidade social para ganhar também um prêmio”, disse Greca, que estava acompanhado do secretário de Planejamento, Finanças e Orçamento, Vitor Puppi.

Sortudos

Para ganhadora do prêmio de R$ 20 mil, Tatiele Eves e seu namorado, Lucas Teixeira, esta não é a primeira vez que a sorte os surpreende. Lucas já havia sido sorteado no Nota Curitibana, com R$ 20 mil, em 2018, e ela ganhou mais R$ 20 mil nessa edição. “Ganhamos duas vezes, nem acreditamos.”

LEIA TAMBÉM – Leilão online da Receita tem relógio da Apple por R$ 300, veículos, vídeo-games, celulares com preço abaixo do mercado

Já o bancário Luis Fernando Sbrissia, morador de Pinhais que levou R$ 10 mil no sorteio, diz que não perde a oportunidade de pedir CPF na Nota. “O programa nos dá a oportunidade de participar de algo grande, que reduz a sonegação e ajuda ainda uma entidade social”, diz ele, que indicou a Associação Paranaense de Apoio à Criança com Câncer. “A entidade faz um trabalho extraordinário que muda a vida de várias crianças com câncer”, disse Sbrissia. O presidente da entidade, Ari Stechman Neto, recebeu o prêmio, de R$ 5 mil.

Com 900 jovens atendidos em Curitiba, a Espro, foi outra entidade social beneficiada pelo Nota Curitibana nessa edição. A organização não governamental (ONG) atua na inserção de jovens em situação de vulnerabilidade no mercado de trabalho. “Os R$ 25 mil que recebemos vão nos ajuda na compra de equipamentos para aulas de ensino à distância”, diz Lara dos Santos, superintendente educacional da entidade.

Contra a sonegação

Lançado em 2018, o programa Nota Curitibana incentiva a emissão de nota fiscal na área de serviços e contribui para inibir a sonegação de impostos ao mesmo tempo em que gera créditos e distribui prêmios para o contribuinte.

Desde o início do Nota Curitibana já foram pagos R$ 7,085 milhões em prêmios para pessoas físicas e entidades sociais. Foram contemplados, até agora, 73.415 participantes e 33 entidades de assistência social. O programa conta agora com 150.877 cidadãos cadastrados e 155.146 empresas prestadoras de serviços emitindo nota fiscal de serviços eletrônica.

Concorreram no 30º  sorteio as notas fiscais pedidas em dezembro de 2020. Foram gerados 1.534.625 bilhetes para 76.795 pessoas.

Como participar

Para participar dos sorteios, o contribuinte precisa fazer um cadastro no site do Nota Curitibana e informar o CPF na emissão da nota fiscal. Lembrando que o cadastro do Nota Paraná, programa do governo estadual, não vale para o Nota Curitibana, cujos créditos são gerados em notas eletrônicas emitidas por prestadores serviços no município.

É possível pedir o CPF na nota de serviços em estabelecimentos como como planos de saúde, escolas particulares, lavanderias, corretagem de seguros, faculdades, cursos de idiomas, construtoras, oficinas mecânicas, empresas de vigilância e limpeza, dentre outros.

A cada consumo do serviço é gerado um bilhete na primeira nota fiscal eletrônica do mês, independentemente do valor, e, na sequência, um cupom a cada R$ 50, com validade para o mês do respectivo sorteio. 

Além dos prêmios, os participantes podem usar os créditos para abater até 50% do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Todo mês são sorteados prêmios de R$ 50 mil, R$ 20 mil e R$ 10 mil. O contribuinte, ao se cadastrar, pode indicar uma entidade de assistência social, que recebe um prêmio adicional de R$ 25 mil, R$ 10 mil e R$ 5 mil se ele for sorteado. Em datas especiais, como o Natal, prêmio é de R$ 150 mil, e a entidade recebe outros R$  25 mil.