Não é só Curitiba que tem prevista inauguração de um novo parque em 2022, cuja área será oito vezes maior do que o Barigui. Pelo menos um dos quatro parques planejados pelo governo do estado para a Região Metropolitana de Curitiba (RMC) também deve ser inaugurado ano que vem, em Araucária. O plano é na sequência inaugurar mais um parque em Piraquara e dois em São José dos Pinhais.

LEIA TAMBÉM:

>> Conheça seis parquinhos inclusivos infantis em parques de Curitiba

>> Litoral tem 12 pontos impróprios para banho, oito deles só em Guaratuba

>> Cinco ‘pepinos’ que Rafael Greca terá para resolver em Curitiba em 2022

Todos essas áreas fazem parte da Reserva Hídrica do Futuro, projeto do governo com prefeituras da RMC para preservação de 21 km de extensão do Rio Iguaçu entre os municípios de Balsa Nova e Piraquara. A reserva também vai interligar antigas cavas de mineração da região para captação de água em períodos de estiagem, já que 65% da área é alagada. A capacidade de reservação nessas cavas é de 43 bilhões de litros de água.

A obra do Parque Natural do Iguaçu, em Araucária, já está em licitação. Na primeira quinzena de dezembro, a Companhia Paranaense de Saneamento (Sanepar) entregou os projetos de adequação para para que o Instituto Água e Terra (IAT) toque a licitação de terraplanagem, drenagem, paisagismo, pavimentação e edificações.

Cerca de 15% do terreno de 191 hectares do parque em Araucária – o equivalente a 191 campos de futebol – será destinada para lazer. O parque terá ciclovia, pista de caminhada, quadras esportivas, academia ao ar livre e bosque. O restante do terreno é todo de área alagada que será preservada.

“Concluímos o projeto executivo e vamos revisar a licitação no primeiro trimestre de 2022 para entregar o parque em Araucária até o fim do ano que vem”, explica Gilson Santos, presidente da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), órgão estadual que coordena ações na RMC.

Para 2023, a previsão é de mais uma estrutura de lazer na Região Metropolitana, dessa vez em Piraquara. O Parque Ambiental perto do Parque das Águas, na cidade vizinha de Pinhais, com acesso pela Rodovia João Leopoldo Jacomel.

Segundo a Comec, o edital de licitação da obra em Piraquara será publicado em 2022 com previsão de que seja concluída até 2023. A área de 81 hectares terá praticamente a mesma estrutura do parque em Araucária: ciclovia, pista de caminhada, quadras, academia ao ar livre e bosque.

Já os dois parques de São José dos Pinhais ainda não têm previsão de quando serão inaugurados. Os editais de licitação dos projetos executivos ainda não foram abertos porque o governo negocia a área com os proprietários dos terrenos

Fazenda Rio Grande deve inaugurar novo parque

A prefeitura de Fazenda Rio Grande também pretende inaugurar um novo parque nos próximos anos também em área da Reserva Hídrica do Futuro.

O secretário municipal de Meio Ambiente de Fazenda Rio Grande, Elias Belarmino Correia, explica que o parque já consta na elaboração do novo Plano Diretor – o conjunto de ações que vai definir intervenções no município nos próximos anos. Além disso, a prefeitura assinou pré-convênio com o governo do estado para que o novo parque seja feito dentro dos padrões a serem estabelecidos pela Reserva Hídrica do Futuro, cujo decreto de criação e o plano-diretor estão sendo concluídos.

“Para Fazenda Rio Grande interessa ter mais uma área de lazer, além da questão ambiental da Reserva Hídrica do Futuro, que é a principal. Basta ver os parques que já temos, que ficam lotados nos finais de semana, já que são os únicos locais de lazer da população porque não temos shoppings e outras opções”, aponta Correia.

O projeto seria baseado no novo parque de Curitiba, que será vizinho da estrutura de Fazenda Rio Grande, do outro lado do Rio Iguaçu.

Nova novela

Conheça o elenco principal de “Poliana Moça”

Quanto Mais Vida, Melhor

Flavia/Guilherme se esconde no bar de Teca

Além da Ilusão

Davi pede desculpa a Isadora por tê-la beijado

Confira!

John Wick 2 e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix