Quem estava acordado nos primeiros minutos desta quinta-feira (8) levou um susto em casa ou na rua: um apagão tomou conta de Curitiba e Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O blackout durou quase meia hora e teria começado numa falha em uma das unidades distribuidoras. Mais de 100 mil unidades consumidoras foram afetadas.

Nas redes sociais, muita gente começou a se manifestar dizendo que sua rua estava sem luz. Em Curitiba, vários bairros, principalmente os da zona Norte, ficaram no escuro: Boa Vista, Bacacheri, Cabral, Ahú, Abranches, Barreirinha, parte do Pilarzinho, de Santa Felicidade e também do Santo Inácio. Houve relatos de que o bairro Cascatinha também ficou no escuro.

Na RMC, alguns bairros de Almirante Tamandaré e de Campo Magro também foram atingidos pelo blackout. A energia foi restabelecida aos poucos, mas o apagão durou aproximadamente 20 minutos e em alguns lugares a luz demorou ainda mais a voltar.

De acordo com a Companhia Paranaense de Energia (Copel), um problema dentro da subestação do Pilarzinho foi o causador do apagão e fez com que a energia falhasse em toda a região Norte de Curitiba. O defeito foi isolado e foi feita a manutenção ainda na madrugada.

Algumas unidades consumidoras ficaram sem luz até por volta de 00h48 quando, segundo a Copel, a distribuição foi normalizada.  A Copel informou que conseguiu evitar que o problema continuasse e deixasse mais tempo as pessoas no escuro.

https://tribunapr.uol.com.br/noticias/curitiba-regiao/prejuizo-das-seguradoras-com-danos-em-carros-alagados-pode-passar-de-r-2-milhoes/