O canteiro de obras da praça “Memorial da Saúde”, que está sendo construída pela prefeitura na esquina das ruas Cruz Machado e Visconde de Nacar, no Centro de Curitiba, em homenagem às vítimas da covid-19 e com um custo de cerca de R$ 500 mil, foi alvo de furto na noite de segunda-feira (22). Segundo informações da Guarda Municipal (GM), que atendeu à ocorrência, dois homens entraram no local e chegaram a retirar materiais e ferramentas da obra.

LEIA MAIS

* Praça de meio milhão de reais em plena pandemia? Leitores reclamam do gasto em Curitiba

* Praça “Memorial da Saúde” é construída em Curitiba pra homenagear vítimas da covid-19

Carrinho com materiais furtados da obra. Foto: Divulgação/SMCS

A GM foi até o terreno da obra após receber uma denúncia feita pelo telefone de emergência 153, que informou que duas pessoas tinham entrado no local. Na imediações da futura praça os guardas encontraram dois homens com as características repassadas. Eles levavam um carrinho de material reciclável onde estava até a estrutura de treliça da obra. Os dois foram conduzidos à Central de Flagrantes da Polícia Civil.

Praça "Memorial da Saúde" é construída em Curitiba
Praça fará homenagem às vítimas da covid-19 em Curitiba. Foto: Divulgação/SMCS

Furto no semáforo

Em outra ação, no fim da noite de segunda-feira, guardas municipais em ronda pela Rua William Bout, no Boqueirão, viram que todos os semáforos no cruzamento com a Rua Dr. Bley Zornig estavam apagados. Os agentes também viram quando um homem tentou se esconder atrás de algumas árvores quando eles se aproximaram. 

Durante revista, os guardas encontraram com ele um controlador semafórico, equipamento necessário para o funcionamento dos sinaleiros, e três facas. A caixa de proteção do controlador, próxima ao cruzamento, estava quebrada. O homem, de 41 anos, tinha um mandado de prisão em aberto por furto qualificado, e segundo a GM, foi levado até a delegacia para responder sobre o crime.