Depois de 60 dias de obras, terminou a revitalização das plataformas de embarque e desembarque do Terminal Capão da Imbuia, em Curitiba, que já estão prontas para uso novamente. De acordo com a prefeitura, as obras contaram com investimento de aproximadamente R$ 200 mil e atenderam a demanda dos usuários do sistema de transporte coletivo, que pediam a recuperação do piso, do laminado e também da estrutura metálica das plataformas, que estava enferrujada.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

As obras nas plataformas foram dividida em quatro etapas, cobrindo duas etapas no sentido bairro e duas no sentido centro. Durante o período em que os serviços foram realizados, os usuários tiveram que percorrer caminhos mais longos para acessar as plataformas. “A obra alterou a rotina do terminal, mas agora foi retomada a normalidade e as pessoas devem respeitar a sinalização para evitar acidentes”, disse o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

Nas duas extremidades do Terminal Capão da Imbuia há faixas de segurança para a travessia de pedestres. Porém, a pressa e a falsa sensação de que nada de errado vai acontecer fazem com que as pessoas esqueçam da própria segurança. “Cruzar de um lado para o outro dentro do terminal exige cuidado e muita atenção. Andar entre os ônibus é perigoso e nunca deve ser uma opção a ser considerada pelos passageiros”, alertou Maia Neto.

Por meio de imagens de câmeras, suspeitos de pichar Bondinho são identificados e presos