Em razão da escalada vertiginosa de casos de covid-19 nesta última semana, a Prefeitura de Curitiba e a Fundação Cultural decidiram adiar a realização da 39ª Oficina de Música, inicialmente programada para acontecer de 16 a 30 de janeiro na capital. Uma nova data será avaliada assim que o cenário epidemiológico permitir. 

A Fundação Cultural de Curitiba esclarece que a edição da Oficina de Música de Curitiba para 2022 foi planejada em um cenário anterior à chegada da nova variante omicrôn, que se desenhava bem mais positivo e favorável à realização do evento, prevendo a realização de aproximadamente 200 eventos espalhados pela cidade, entre concertos, shows, espetáculos, aulas, exibição de filmes, e outras programações em teatros, igrejas e ao ar livre como parques e praças. 

LEIA TAMBÉM:

>> Exposição fotográfica traz a engenharia e arquitetura espanhola a Curitiba

>> Biblioteca Pública do Paraná reabre espaços e volta com as atividades culturais

Outra razão para o adiamento é a de que nos últimos dias alguns artistas convidados relataram ter apresentando sintomas de covid-19, ou tiveram contato com pessoas positivadas. 

A logística de transporte aéreo necessário para o deslocamento de uma parte dos músicos da Oficina também é uma incerteza do momento, já que muitas companhias estão cancelando ou adiando voos. 

Artistas locais 

A Fundação Cultural de Curitiba informa que vai planejar um novo formato do evento, ainda no decorrer deste ano caso o cenário da pandemia permita, para contemplar especialmente os artistas locais convidados para a 39ª Oficina. 

Os valores das inscrições para os cursos de música pagos pelos alunos serão restituídos pela organização da Oficina.

Pantanal

Zuleica não aceita morar na fazenda com os filhos

Além da Ilusão

Davi expulsa Iolanda de casa

Novidades da Netflix

Filmes e séries que chegam à Netflix nesta semana

Estreia da semana

5 curiosidades sobre “O Telefone Preto”