Golpe novo na praça, mais um! Desta vez os criminosos, de acordo com registro feito pela Copel na semana passada, fizeram contato com um consumidor da empresa e alegaram a existência de uma multa em aberto, decorrente de faturas pagas em atraso. Desconfiado, o empresário procurou o atendimento da concessionária de energia e constatou que a informação era falsa. Após o ocorrido, a Copel passou a alertar os consumidores para possíveis golpes em nome da companhia.

LEIA TAMBÉM

> Quadrilha suspeita de desviar R$ 1,5 bilhão com golpe em criptomoedas é alvo da Polícia Federal em Curitiba

> Se você é de Curitiba e está desempregado, tem 1.273 motivos para clicar aqui!

> Golpes por aplicativos de delivery disparam em cinco meses; veja como se proteger

“Se alguém oferecer serviços em nome da Copel e quiser cobrar por eles no ato da realização, o consumidor não deve pagar e pode entrar em contato com o 0800 51 00 116 para esclarecer dúvidas”, explica o gerente de Serviços da região Centro-Sul, Gilberto Conti.

A Copel ainda lembra que sua comunicação com o cliente se dá, em primeira instância, através da fatura de energia. Nela são apontados o consumo mensal, encargos, tributos e eventuais serviços que possam ter sido realizados na unidade consumidora, como por exemplo, corte e religa.

Segundo a empresa, o aplicativo para celular da Copel também dá acesso à consulta sobre a existência de débitos, o histórico de consumo e solicitação de serviços, entre outros. Outra opção é a agência virtual, site no qual o consumidor pode verificar sua situação junto à Copel e solicitar serviços de forma gratuita.

Em caso de dúvidas em relação a qualquer eventual cobrança, a Copel orienta o consumidor a procurar esclarecimento junto ao atendimento telefônico (0800 51 00 116), no WhatsApp Copel (41) 3013-8973 ou no atendimento presencial.