Os passageiros da linha Piraquara/Santos Andrade, que liga a cidade da região metropolitana ao Centro de Curitiba, estão se surpreendendo ao entrar no ônibus e de depararem com duas catracas. Uma das catracas aceita apenas o cartão transporte enquanto que a outra aceita os dois tipos de pagamentos: dinheiro e cartão transporte.

O sistema opera desde segunda-feira (3) em cinco ônibus novinhos. O objetivo da catraca dupla é agilizar o embarque dos passageiros, segundo a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), órgão do governo estadual responsável pelo transporte coletivo entre a capital e a região metropolitana.

LEIA+ Quarta-feira voltam as aulas e os congestionamentos: trânsito vai aumentar 30% em Curitiba

 “O grande movimento fazia com que os veículos perdessem cerca de 6 minutos para o embarque de todos os passageiros, às vezes até mais quando algum problema ocorria. A expectativa é de que esse tempo agora reduza para 3 minutos”, explica o presidente da Comec, Gilson Santos.

A partir da experiência nesta linha, a Comec pode estender o sistema com duas catracas para ônibus de outras cidades da região metropolitana.