Pais e responsáveis dos alunos da rede municipal de ensino tem até sexta-feira (12) para decidir entre os formatos híbrido (presencial + videoaulas da TV Escola Curitibana) ou remoto (videoaulas + kits pedagógicos).

O ano letivo pedagógico inicia no dia 18 de fevereiro. Os pais tinham até esta quarta-feira (10), para escolher sobre qual formato o aluno deverá seguir. Mas o acesso ao link com o formulário, que está disponível na página da Secretaria da Educação, vai ficar disponível até sexta-feira.

LEIA TAMBÉM Em live, pediatras explicam cuidados que alunos e familiares devem ter com retorno das aulas

Após escolher a opção e validar o termo, os pais receberão no e-mail cadastrado uma comprovação do formato adotado. A escolha poderá ser alterada posteriormente, se a família quiser.

Formatos das aulas

Crianças e estudantes da rede municipal poderão acompanhar as aulas de duas formas. Parte delas irá presencialmente à escola, revezando com as videoaulas nos dias que não são presenciais.

Os outros alunos que optarem pelo ensino remoto acompanharão os conteúdos por videoaulas e com kits pedagógicos elaborados pelos professores. Os detalhes estão no Decreto 260/2021, publicado no Diário Oficial desta terça-feira (9).

Cada escola tem um comitê interno para organizar a rotina, dentro das orientações do Protocolo de Retorno das Atividades Presenciais. Chefes dos Núcleos Regionais da Educação, diretores e demais profissionais das unidades, além das empresas terceirizadas de limpeza, já foram orientados em relação às normas para as unidades.

O protocolo foi construído a partir dos estudos e planejamento de um comitê composto por 28 membros de diversos segmentos, instituído pelo Decreto 998 e validado pelo Comitê de Técnica e Ética Médica da Secretaria Municipal de Saúde.

Medidas contra a covid na volta às aulas

– Uso obrigatório de máscara para profissionais e estudantes

– Totens e frascos de álcool em gel disponíveis

– Horários de entrada, saída, refeições e intervalos escalonados para evitar aglomerações

– Interdição de bebedouros coletivos

– Distanciamento social de 1,5 metro

– Desinfecção de mobiliário e materiais em geral com álcool 70%