Paranaenses com 18 anos ou mais que comprovem a necessidade de trabalho presencial no exterior ou a participação em intercâmbio acadêmico em outros países poderão se vacinar contra a Covid-19, independentemente da faixa etária ou grupo prioritário atendida em seu município de residência. A medida foi autorizada pela Comissão Intergestores Bipartite do Paraná – órgão que une a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) e o Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Paraná (Cosems-PR).

LEIA TAMBÉM:

>> Três cidades da RMC vão completar vacinação dos adultos em breve. Saiba quais!

>> Nenhum caso de trombose é registrado com Astrazeneca em menores de 40 anos

A autorização é válida apenas para os dois casos, e só será concedida caso os critérios de identificação sejam atendidos. Para os intercambistas é necessário apresentar o documento emitido pela escola ou universidade que comprove o intercâmbio e a necessidade de comparecer a atividades presenciais. Além de conter os dados pessoais do estudante, como nome completo e CPF, também é preciso que a instituição apresente as datas de início e término do intercâmbio.

Já para quem vai viajar a trabalho precisa apresentar a documentação que comprove a participação em atividade profissional presencial, sem data prevista para retorno (expatriação). Assim como para os estudantes, este documento também precisa trazer o nome completo e o CPF do trabalhador. Em ambos os casos, a vacinação deverá ser feita de forma imediata após a apresentação de um documento oficial com foto e da comprovação documental necessária para os dois públicos.

A autorização para vacinação extraordinária não será concedida para quem tiver viagens programadas para o exterior para tratamento médico – consultas ou cirurgias –, participação em congressos ou eventos, viagens a turismo ou para quem está em processo de mudança de endereço.

Web Stories

Pega Pega

Treta! Nelito dá um soco em Julio por causa de Cíntia

Você sabia?

Cinco curiosidades sobre Curitiba que nem o curitibano raiz sabe!

Gigante!!

Nova Havan será quatro vezes maior que a loja que será abandonada em Curitiba

Lindas!

Cinco árvores exóticas e raras de Curitiba