O recente aumento no número de casos de Covid-19 fez com que o Paraná solicitasse, na última quarta-feira (25), a liberação da segunda dose de reforço (ou quarta dose) da vacina contra a Covid-19 para pessoas com menos de 60 anos.

LEIA TAMBÉM:

>> Secretária alerta: Se não cuidarmos com a covid-19, medidas mais severas podem ser tomadas em Curitiba

>> Covid-19 em esgoto de Curitiba tem salto 13 vezes maior que em abril

>> Curitiba volta a recomendar uso de máscaras em locais fechados

O secretário de Estado da Saúde, César Neves, esteve em Brasília para pedir essa readequação do Programa Nacional de Imunizações ao Ministério da Saúde, visto que a vacinação “garante maior proteção neste período mais acentuado de confirmações da Covid-19”. Hoje, a quarta dose está autorizada apenas para pessoas a partir de 60 anos.

Para a Secretaria de Vigilância em Saúde do ministério, o pleito do Paraná é importante e será analisado dentro da viabilidade técnica-operacional nas diretrizes do PNI. Segundo dados do sistema nacional, cerca de 4,3 milhões de paranaenses não tomaram a dose de reforço e 1,3 milhão deixaram de fazer a segunda dose convencional.

Pantanal

Juma atira nos pés de Jove

Loterias

Veja o resultado das loterias desta terça-feira!

Inverno Chegou

Veja como será o primeiro dia de inverno em Curitiba

Além da Ilusão

Lorenzo declara seu amor por Letícia