O Estado do Paraná recebeu, na noite desta terça-feira (18), na 20ª remessa de imunizantes contra covid-19 enviada pelo Ministério da Saúde, 39.780 vacinas Comirnaty, produzidas pela Pfizer/BioNTech. As doses são destinadas em sua totalidade ao prosseguimento da vacinação dos grupos de comorbidades, gestantes e puérperas e pessoas com deficiência severa.

+Leia mais! Próximo fim de semana será de lockdown em Curitiba; confira o que abre e fecha

O lote aterrissou no Aeroporto Afonso Pena, na Região Metropolitana de Curitiba, depois das 19 horas, e foi encaminhado para o Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar). As doses serão conferidas e organizadas no local para posteriormente seguir para a distribuição, que será realizada nos próximos dias. A divulgação do número de doses por cidade também será divulgada pela Secretaria da Saúde em breve.

Esta remessa dá prosseguimento à estratégia de descentralização da Pfizer no Estado. Como a vacina requer armazenamento especial a -70°C no longo prazo, sua logística de distribuição se difere das outras vacinas, limitando seu transporte.

+Viu essa? Posso escolher qual vacina contra covid-19 vou tomar?

Esta leva amplia o número de cidades que irão aplicar o imunizante: as doses serão divididas entre Curitiba, Ponta Grossa, Guarapuava, São José dos Pinhais, Colombo e Foz do Iguaçu. Além da Capital, outras três cidades já receberam doses da Pfizer: Cascavel, Maringá e Londrina.

+Viu essa? Curitiba vacina pessoas com comorbidade a partir dos 40 anos de idade

“Estamos distribuindo essa remessa para os municípios de médio porte do Paraná em acordo com a orientação do governador Ratinho Junior, colocando todas as doses à disposição da operacionalização da vacinação contra Covid-19. Por isso, as doses vão para dois municípios da Região Metropolitana de Curitiba, além de Capital e de outras três grandes cidades”, disse Beto Preto, secretário de saúde do Paraná.