Chega nesta quarta-feira (26) a Curitiba, pelo menos até às 18h55, o voo LA 4793 com 37.440 doses da Pfizer destinadas a pessoas com comorbidades, gestantes, puérperas e pessoas com deficiência. As doses são muito importantes, pois a prefeitura de Curitiba chegou a suspender a vacinação da primeira doses por falta de vacinas.

Assim que chegarem as doses serão levadas para o Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), onde serão armazenadas em ultrafreezers e separadas para a distribuição aos municípios. Segundo o governo federal, elas devem ser destinadas a 33.299 pessoas. O residual faz parte de uma da reserva técnica.

+Leia mais! Novo decreto no Paraná amplia toque de recolher e muda horários do comércio

Elas fazem parte da 21ª remessa, composta por 390.190 vacinas contra a Covid-19. Todas são primeira dose. São, além da Pfizer, 352.750 doses Covishield, da parceria entre a Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), AstraZeneca e Universidade de Oxford, destinadas a pessoas com comorbidades e deficiência permanente, profissionais das forças de segurança e salvamento, e trabalhadores portuários e do transporte aéreo. Esses imunizantes chegaram na noite de terça-feira.