A partir deste final de semana (9 e 10) os parques estaduais Serra da Baitaca, Pico Paraná e Pico Marumbi vão reabrir para visitação. As três unidades de conservação fecharam por causa da pandemia e devem reabrir de acordo com a Portaria nº 6/2021, do Instituto Água e Terra (IAT).

LEIA TAMBÉM 10 dicas pra relaxar de verdade nas férias e superar a exaustão mental da pandemia

Os três parques fecham apenas às terças-feiras para manutenção. São permitidas nas unidades de conservação passeios e atividades individuais como caminhada, corrida e exercícios. Apenas o Caminho do Itupava, que fica no Parque Estadual Serra da Baitaca, permanece fechado por causa das chuvas intensas das últimas semanas, que causaram quedas de árvores. A região está sendo vistoriada e recebendo manutenção para reabrir.

O IAT produziu um informativo para visitantes dos locais com especificidades a cada unidade (confira aqui). A visitação das unidades estava suspensa pela Portaria 269/2020, devido, principalmente, à pandemia do Covid-19 e a crise hídrica, que pode provocar focos de incêndio com o clima seco.

“Com as chuvas que tivemos no Paraná nos últimos meses, é possível reabrir as Unidades de Conservação, mas os cuidados para evitar a contaminação pelo novo coronavírus não devem ser esquecidos”, afirmou o secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes.

O visitante dos parques estaduais deve realizar o cadastro de visitação. Além disso, não é permitida a entrada de pessoas sem passar pela portaria oficial. O horário de funcionamento das portarias é das 8:00 da às 17:00. Para atividades fora desse horário, é preciso ligar e verificar a disponibilidade de entrada.

 É obrigatório o uso de máscara, o distanciamento social, a disponibilização de álcool em gel e a medição da temperatura dos visitantes na entrada dos Parques Estaduais, além de outras medidas de prevenção ao vírus.

Para evitar aglomerações, estão proibidos acampamentos, práticas esportivas coletivas e eventos dentro das Unidades de Conservação do Estado. A capacidade de visitação também foi reduzida em 50%. A orientação é ligar antes para certificar-se da capacidade ou até mesmo agendar a presença.

Limite de visitantes

No Parque Estadual Pico do Paraná, são permitidas 200 pessoas simultaneamente nas trilhas e o visitante só pode entrar conforme disponibilidade de vagas. O visitante deve entrar pela base do IAT, ou seja, pelo trailer.

O Parque Estadual Pico do Marumbi abriga três atrativos: Pico Marumbi, Salto dos Macacos e Morro do Canal. A capacidade de visitação é de 100 pessoas por dia para cada atrativo. O visitante deve entrar pelas bases do IAT (Base Prainhas ou Base Marumbi). Para o acesso às trilhas do Morro do Canal, o acesso deve ser feito pela propriedade particular Morro do Canal.

Já no Parque Estadual Serra da Baitaca, o visitante deve entrar pelo trailer, a base do IAT. O Parque abriga o Caminho do Itupava, com capacidade de 314 pessoas por dia para visitação; o Anhangava, com capacidade de 166 pessoas por dia; e o Pão de Loth, também com capacidade para 166 pessoas por dia.

Aos sábados, domingos e feriados, uma vez que seja feito o cadastro de visitação e a entrada do visitante esteja dentro da capacidade de carga definida para a trilha escolhida, o visitante deve receber uma pulseira de identificação. A pulseira deve ser colocada em local visível e ser carregada durante todo o tempo no interior da Unidade de Conservação.