A noite desta quarta-feira (26) vai ser especial e inusitada para 57 formandos de diversos cursos da UnioPet. Em plena pandemia de coronavírus, eles vão realizar a tão sonhada formatura, mas de forma diferente, seguindo as orientações de distanciamento e cuidados contra a covid-19 dadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A colação na Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba, e será no sistema drive-in, algo inédito no Brasil e que pode dar um alívio para quem trabalha no setor.

Segundo a Polyndia, empresa que está organizando a formatura, os formandos ficarão em seus veículos e terão direito a três acompanhantes no carro. “Os carros passam por uma desinfecção na entrada e seguem para locais determinados. No palco, ficam os membros da instituição e o mestre de cerimônia, explicou Adriana Vaz Dallagnol, diretora comercial e produtora da Polyndia.

Com todos posicionados, a cerimônia inicia com os procedimentos tradicionais com hinos e homenagens. Na hora da imposição de grau vem a novidade. “Apenas o formado sai do carro e segue para o palco, onde receberá a imposição de grau, o agradecimento para a plateia e então retorna ao carro”, explicou Adriana Vaz. “Será algo exclusivo, o formando terá o seu momento, a Pedreira toda para ele”, ressaltou.

Entre os formandos está Edemilson Malinoski, que está comemorando a conclusão do curso de Gestão Comercial. “Estou curioso pra saber como vai ser, bem diferente do que a gente já vivenciou. É uma satisfação de finalmente concluir o curso, ainda mais que tive muita dificuldade de me formar, chegando até a cancelar por motivos financeiros. Até uma promoção no trabalho eu perdi por não ter a formação. Mesmo diante da dificuldade conseguimos efetivar o curso e consequentemente a formatura”, disse o formando que estará com a esposa e dois filhos na colação drive-in.

Lilian Balzer também está na expectativa para a formatura. Bancária aposentada, ela está se formando em Direito para manter a mente ocupada, ter conhecimento, além de uma outra alternativa de carreira. “É um momento espetacular, sempre sonhamos com a formatura e se aguardássemos a pandemia passar ficaria apenas para ano que vem”, disse a formanda.

Pedreira será palco para uma inédita formatura drive-in. Foto: Arquivo/Letícia Akemi / Gazeta do Povo.

Expectativa para o setor

Para Adriana Vaz a formatura no estilo drive-in será feita em cima de muita expectativa, pois pode ser um caminho para o setor que ficou cerca de 160 dias parado, sem eventos presenciais, por causa do coronavírus. “Desenhamos esse projeto com o Planeta Drive-in, que já realiza sessões de cinema e shows na Pedreira. Será uma alternativa para milhares de trabalhadores que estão desde março parados, sem atividades”, disse. “O grupo respeita muito o cenário pelo qual estamos passando e precisávamos criar algo. Tínhamos que inovar, recriar”, completou a diretora da Polyndia.