Pelo menos nove pessoas foram presas numa operação contra rachas e manobras de exibição na noite deste sábado (23) em Colombo, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A ação foi feita num trabalho conjunto entre equipes da Policia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Civil, que também acabaram encontrando motoristas que dirigiam sob efeito de álcool. Todos os presos tinham entre 18 e 28 anos.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

A operação foi batizada de “Fast and Furious” (fazendo alusão ao filme Velozes e Furiosos) e toda a mobilização policial ficou na BR-476, a Estrada da Ribeira, no bairro Alto Maracanã. A ação foi possível depois que, nas últimas semanas, as áreas de inteligência das duas forças policiais conseguiram levantamentos sobre a prática criminosa, que costumava ser feita todas as semanas no mesmo local.

Conforme a polícia, diversos grupos se reuniam com o objetivo de praticar rachas, empinar motos, dar cavalos de pau, além de dirigir sob efeito de álcool. Com a chegada da polícia, pelo menos oito pessoas foram detidas por crime de praticar corrida ou exibição não autorizada, previsto no artigo 308 do Código de Trânsito.

Ao todo, 17 motos foram apreendidas. Foto: Divulgação/PRF.
Ao todo, 17 motos foram apreendidas. Foto: Divulgação/PRF.

Ainda de acordo com a PRF, um dos presos, além de estar embriagado, também não tinha carteira de motorista. Já os presos que tinham carteira tiveram a suspensão do documento e podem pegar pena de seis meses a três anos de detenção.

O nono preso era um proprietário de um bar que foi autuado por vender bebida alcoólica a adolescentes, crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente, com pena de dois a quatro anos de detenção. Ainda de acordo com o divulgado pela PRF, o dono do bar mantinha até um canal de vídeos na internet em que ele estimula a prática de rachas. Em alguns dos vídeos, ele mesmo disputa corridas clandestinas e pratica manobras de exibição, conduzindo uma motocicleta.

Presos foram levados a Dedetran, em Curitiba. Foto: Divulgação/PRF.
Presos foram levados a Dedetran, em Curitiba. Foto: Divulgação/PRF.

Multas, apreensões e prisão

No total, foram emitidos 75 autos de infração de trânsito. Além disso, 25 veículos – 17 motocicletas e oito carros – foram recolhidos ao pátio, por diferentes irregularidades. Uma adolescente, que portava uma pequena quantidade de maconha, foi apreendida.

Todos os presos foram encaminhados à Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran), em Curitiba. Além dos nove detidos, outros 11 condutores já foram identificados através de vídeos publicados na internet e também vão responder pelo crime de praticar rachas e manobras de exibição.

Denúncias!

A velocidade máxima é 60 km/h em todo o trecho da rodovia onde os crimes foram praticados. A PRF divulgou, ainda, que as denúncias que recebeu sobre os rachas na rodovia motivaram a operação conjunta com a Polícia Civil. Essas denúncias, que podem ser feitas através do telefone de emergência 191, facilitam e muito no trabalho policial.

Denunciar é importante. Foto: Divulgação.
Denunciar é importante. Foto: Divulgação.

Escrivão é preso por colaborar com golpista no litoral do Paraná