A Polícia Federal do Paraná se manifestou nesta segunda-feira (02) a respeito da situação de violência que envolveu um policial federal que disparou contra quatro pessoas numa loja de conveniência de um postos de combustíveis de Curitiba na noite de domingo (1º).

LEIA TAMBÉM:

>> Policial Federal atira contra quatro pessoas em posto de combustíveis em Curitiba; Uma morreu

>> Ciclone extratropical provoca tempestade no Rio Grande do Sul; confira a previsão em Curitiba

Em nota, a Polícia Federal reforçou que acompanha e colabora com as investigações conduzidas pela Polícia Civil. “Imediatamente, foram determinadas as providências legais para a apuração do episódio, sob o aspecto administrativo-disciplinar”, diz a nota.

Por fim, a Polícia Federal disse que lamenta profundamente os acontecimentos e “expressa solidariedade neste momento de luto e dor das vítimas, familiares e amigos, ressaltando que tais condutas não refletem a formação, princípios e valores éticos da Instituição”, finaliza.

O caso

Segundo a Polícia Militar, a confusão começou depois que um policial federal estacionou o carro em um local não permitido. Houve uma briga entre o policial e outras pessoas, incluindo um segurança do posto. Entre os baleados, uma pessoa morreu na ambulância e outras três foram encaminhadas ao hospital.

Pantanal

Zuleica está preocupada com Marcelo

Instagramáveis

Saiba onde encontrar as lindas cerejeiras em Curitiba

Novidades da Netflix

Volume 2 de Stranger Things 4 e mais séries e filmes chegam nesta semana

Além da Ilusão

Joaquim termina seu noivado com Isadora