As drogas apreendidas em 11 bairros da capital, desde julho do ano passado, durante ações de policiais militares e investigadores do 4.º Distrito Policial (Boa Vista), começaram a ser incineradas na tarde desta terça-feira (20), no Crematório Vaticano, em Campina Grande do Sul.

São 44 quilos de maconha, quase quatro quilos de crack, cerca de 350 gramas de cocaína e 233 pontos de LSD.  A chefia do distrito, onde todos os flagrantes foram registrados, pediu a Justiça para que os entorpecentes fossem destruídos e na semana passada recebeu a decisão favorável.

A delegada Vanessa Alice, que está há um ano na unidade, salientou a importância das apreensões para o combate aos criminosos desta área da cidade.
“Geralmente o tráfico vem associado a furtos e roubos, praticados por usuários. Temos registrado muitos crimes deste gênero em nossa região de atuação, por isso, essas apreensões representam golpe duplo nos bandidos”, comentou.

Segundo ela, durante este período de um ano, foram quase 60 traficantes autuados pelo distrito, que atende os bairros Juvevê, Taboão, Ahú, Santa Cândida, Abranches, Boa Vista, Cachoeira, Barreirinha, São Lourenço, Cabral e Alto da Glória. O telefone para denúncias é o 3251-2500.