A Polícia Civil de São Paulo prendeu, no domingo (3), o quarto suspeito de participar da morte de Ricardo Kusch, secretário de Segurança Pública de São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. Ricardo foi morto com dois tiros no dia 6 de março, quando trafegava de moto pela Marginal Pinheiros, na Zona Sul da capital paulista.

LEIA MAISPrefeito de Itaperuçu é atropelado por “amigo” após comemorar título do Coritiba; Estado é grave

O quarto suspeito, de 19 anos, foi preso no bairro de Paraisópolis. Outros três haviam sido presos ainda no mês passado. Na investigação, que trata o caso como latrocínio (roubo seguido de morte), dois assaltantes que também estavam em uma motocicleta, fugiram após roubarem a arma da vítima, mas sem levarem a moto. Os outros dois suspeitos identificados teriam ajudado a dupla a cometer o crime.

O crime

Ricardo Kusch, secretário de segurança da cidade de São José dos Pinhais, estava de moto no dia 6 de março na cidade de São Paulo, quando foi abordado na Marginal Pinheiros e alvejado com disparos. Chegou a ser encaminhado ao Hospital Campo Limpo, na cidade de Santo Amaro, mas não resistiu aos ferimentos.

LEIA AINDA – Ex-policial civil é morto a tiros em bar no Batel após discussão

Ricardo estava em São Paulo para renovar o visto de entrada nos Estados Unidos. Kusch era considerado uma referência no trabalho de segurança do município.

Pantanal

Juma atira nos pés de Jove

Loterias

Veja o resultado das loterias desta terça-feira!

Inverno Chegou

Veja como será o primeiro dia de inverno em Curitiba

Além da Ilusão

Lorenzo declara seu amor por Letícia