A Polícia Civil do Paraná (PCPR), em parceria com a Polícia Civil do Rio de Janeiro e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), apreendeu materiais satânicos e uma arma de airsoft durante operação contra um grupo extremista que fazia apologia ao nazismo e disseminava ódio a negros e judeus em redes sociais, na manhã desta quinta-feira (16), nas cidades de Londrina, no norte do estado, Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, e Campina da Lagoa, no oeste.

LEIA TAMBÉM:

>> Porsche apreendido em operação contra “trafigata” vira viatura em Curitiba

>> Fraudes no Nota Paraná são investigadas pela Polícia em Curitiba e região. Notas eram furtadas

Os materiais satânicos foram encontrados na casa de um jovem de Campina da Lagoa. O rapaz foi lavado para a delegacia, onde foi ouvido e liberado. Em Londrina e Araucária, a PCPR não encontrou nada de irregular.

O material apreendido no Paraná será encaminhado para o Rio de Janeiro.

Pantanal

Juma atira nos pés de Jove

Loterias

Veja o resultado das loterias desta terça-feira!

Inverno Chegou

Veja como será o primeiro dia de inverno em Curitiba

Além da Ilusão

Lorenzo declara seu amor por Letícia