Vida normal para quem precisa cruzar pela ponte da Rua Professor Dário Garcia, no Parque Tingui, no bairro São João. A estrutura de madeira estava interditada para passar por serviços de manutenção, que ocorreram entre os dias 26 de abril e 11 maio. Agora, está novamente aberta ao tráfego de veículos. 

Apesar da reforma, a promessa de substituir a ponte de madeira por uma de concreto ainda não foi cumprida. Em fevereiro de 2018, a ponte ficou interditada por 20 dias após um buraco abrir no meio da estrutura. O conserto foi feito mas na oportunidade e o prefeito Rafael Greca havia declarado que um projeto seria feito e, até 2019, a ponte seria substituída.

LEIA MAIS – Afinal, vai chover em Curitiba? Veja a previsão desta quarta-feira

Segundo a prefeitura, a ponte precisava de alguns reparos, mas a reforma foi total por causa do baixo movimento no trânsito durante a pandemia de coronavírus. A reforma foi feita entre os dias 26 de abril e 11 de maio. A Secretaria Municipal de Obras Públicas (SMOP) explicou que a ponte teve a substituição e reforço da base e a troca das pranchas de madeira da parte superior da estrutura, por onde passam os veículos.

Outras reformas

Segundo a prefeitura, desde 2017, o Departamento de Pontes e Drenagem da SMOP realizou 72 obras de manutenção em pontes de madeira da cidade. Só em 2020 foram sete intervenções.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?