Você já imaginou esperar o ônibus em um ponto tomado por mato, literalmente? É o que acontece com passageiros que esperam pelo ônibus na altura do número 380 da Rua Sylvano da Rocha Loures, na Cidade Industrial de Curitiba. O ponto está largado, com mato subindo pela estrutura que chega, inclusive a alcançar o teto. O registro foi feito pelo repórter fotográfico Átila Alberti.

O ônibus que passa na região é a da linha Riviera, que liga o Terminal do Campo Comprido à Rua Felício Laskoski e esperar o ônibus ali significa um contato (bem próximo) com a natureza do local. A área não é de muito movimento, visto que apenas indústrias estão instaladas na região.

E ai, prefeitura?

Cobrada pela reportagem da Tribuna, a prefeitura de Curitiba informou que o local onde o ponto está situado é uma propriedade particular. “Área em que não cabe às equipes dos Distritos de Manutenção Urbana da Prefeitura realizarem a roçada, sendo de responsabilidade do proprietário fazer a manutenção do local.

Por isso, a reclamação foi encaminhada ao Núcleo Regional da Secretaria Municipal do Urbanismo para que notifique o proprietário do imóvel sobre a responsabilidade de manter o passeio limpo, roçado e capinado, conforme determina a legislação municipal”, explicou a prefeitura em nota. Porém, segundo o órgão, pedirá, em caráter de urgência, para que uma equipe faça limpeza na área específica do ponto de ônibus.