Com as férias escolares, a Linha Turismo, que normalmente não opera às segundas-feiras, vai funcionar todos os dias no mês de julho. O objetivo é que mais pessoas possam passear e aproveitar a temporada de inverno na cidade.

LEIA TAMBÉMPor trás do trabalho dos Consegs: você sabe exatamente o que eles fazem?

A previsão da Urbanização de Curitiba (Urbs), que gerencia a linha turística, é que o movimento de passageiros no mês de julho dobre em relação a junho.

Além disso, com o avanço da vacinação e o fim das restrições da pandemia, a expectativa é que o número de passageiros em julho fique próximo ao do mesmo mês de 2019, antes da chegada da covid-19. Em julho de 2019, antes da pandemia, a Linha Turismo chegou a transportar 81.410 turistas, contra 42.282 em junho de 2019.

VIU ESSA? Paraná vai ter museu internacional em parceria com o Centro Pompidou de Paris

“As pessoas voltaram a viajar e Curitiba é um destino muito procurado nas férias de inverno”, diz Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbs. A capital conta com uma série de atrações dentro da programação Inverno Curitiba 2022, nas áreas de gastronomia, cultura, artesanato, arte, esporte e lazer e formação étnica.

Um destaques é a Oficina de Música, que começa nesta quinta-feira (30/6) e acontece pela primeira vez fora do verão. Na 39ª edição, a Oficina terá cerca de 200 apresentações de música erudita à popular brasileira em espaços por toda a cidade: teatros, parques, cinemas, bares e igrejas. 

LEIA AINDA – Água é a estrela de novo museu de Curitiba, na 1ª estação de tratamento da capital

A programação do Inverno Curitiba, que começou em 15 de junho e vai até 31 de julho, inclui ainda outros destaques, como o  Festival de Inverno Centro Histórico, reunindo os bares e restaurantes da região, além de Feiras Especiais de Inverno, feiras noturnas gastronômicas e o Sabores do Pinhão.

Curitiba na Linha Turismo

O passeio na Linha Turismo é feito em um ônibus de dois andares (double deck) e passa por 26 pontos turísticos, como Museu Oscar Niemeyer, Ópera de Arame, Parque Barigui, Passeio Público e Parque Tanguá. São 48 quilômetros percorridos em cerca de três horas em locaisonde é possível apreciar a arquitetura, história, memória, arte e a natureza da capital paranaense. 

LEIA MAIS – Quentão, pinhão, pastel: Guia completo das feiras de inverno de Curitiba!

O roteiro começa na Rua 24 Horas, no centro da Cidade, mas é possível iniciar o trajeto em qualquer um dos pontos. O bilhete dá direito a embarques ilimitados na linha, em um período de 24 horas, após a sua primeira utilização de embarque.

O pagamento, de R$ 50, pode ser feito com cartão de crédito, débito ou em dinheiro. São aceitas as bandeiras Visa, Mastercard e Elo. Saiba mais sobre a programação aqui

Serviço: Linha Turismo

Funcionamento: todos os dias no mês de julho
Horário: das 8h30 às 17h30
Ponto inicial: Rua 24 horas
Crianças menores de seis anos não pagam tarifa

Pantanal

Tibério proíbe Muda de falar com Alcides

Além da Ilusão

Úrsula rouba o bebê de Heloísa

Novidades

Comédia com Paulo Gustavo e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix, confira!

Carreira

Ganhadora do prêmio de pior atriz a vida rodeada de polêmicas, quem é Anne Heche?