A troca dos bloquinhos de EstaR por créditos digitais de aplicativos para estacionar em uma das 12.088 vagas regulamentadas nas ruas de Curitiba está terminando. O prazo para a troca é até sexta-feira (10) e pode ser feita nas sede da Urbs na rodoviária e nas Ruas da Cidadania do Carmo, Pinheirinho, Cajuru, Boa Vista, Fazendinha, Santa Felicidade, Tatuquara, Bairro Novo e Matriz (Rui Barbosa).  

Por causa da pandemia de coronavírus, o prazo chegou a ser estendido pela prefeitura por um mês. Para fazer a troca é preciso agendar o atendimento pelo site da Urbs. O atendimento é das 11h até 17h.  

VEJA MAIS – “Vamos usar máscara por muito tempo. Acostume-se”, avisa secretária da saúde

O EstaR eletrônico entrou em vigor no dia 16 de março, mas os cartões de papel perderam a validade somente em maio. Neste período, o motorista teve tempo para se adaptar ao sistema e ao mesmo tempo aprender a comprar os créditos pelos aplicativos. Os apps regulamentos que podem ser baixados nas plataformas Android e iOS são o Meu EstaR, Faz Digital Curitiba, El Parking, Zul EstaR Digital, EstaR Digital Zazul, Transitabile e Estacionamento Digital.

“O EstaR eletrônico trouxe agilidade, segurança e modernizou o sistema. As operações por aplicativos são mais práticas para o usuário, que pode fazer todo processo com poucos toques no celular e também renovar o período de permanência pelo próprio aplicativo”, aponta o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

Como funciona

Para usar o EstaR eletrônico basta comprar créditos nos aplicativos de celular ou em pontos de venda físicos. O usuário se inscreve no aplicativo escolhido, coloca o número da placa, sua localização e o tempo de permanência e faz o pagamento. O limite de permanência varia de uma a duas horas. Em todo o perímetro da área calma, a permanência máxima será de 1 hora.

VIU ESSA? – Ciclone se aproxima do Paraná. Veja como fica o tempo em Curitiba!

Os créditos são fracionados de 15 em 15 minutos, o que é uma diferença grande do sistema em papel. A fração de 15 minutos de estacionamento custará R$ 0,75 e a hora cheia R$ 3. Caso tenha que mudar o carro de área, uma nova compra terá que ser feita. O aplicativo emitirá um aviso ao usuário quando o prazo estiver próximo de vencer.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?