O prefeito de Curitiba Rafael Greca deixou na manhã desta sexta-feira (23), o Hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba, após três dias internado. Na terça-feira (20), Greca sofreu um AVC isquêmico e foi internado às pressas, direto na UTI. Após os primeiros exames, foi constatado que o evento foi considerado leve e o prefeito ficou internado para monitoração e precaução. Segundo o boletim médico, divulgado no fim desta manhã, Greca teve excelente melhora do quadro clínico neurológico.

+ Leia mais: Vacinação para pessoas com comorbidades começa em maio. Confira lista de doenças

Após ter “se dado alta”, Greca, que se manteve ativo em seu perfil no Facebook, deixou o hospital de carro, pela saída de serviços do hospital, sem dar entrevistas. Na quinta-feira (22), Greca recebeu a visita do Arcebispo Emérito de Curitiba, Dom Pedro Fedalto, no momento em que recebeu a notícia de que teria alta médica.

Greca, que tem 65 anos, sofreu o AVCi na manhã de terça-feira. Apesar do susto, não houve comprometimento cognitivo ou motor. Seu estado é estável e o problema foi considerado “leve”. O prefeito foi mantido em observação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) até a manhã de quarta-feira (21), quando foi transferido para um quarto.

Assista ao vídeo divulgado por Greca em suas redes sociais, nesta sexta-feira

Leia também – Derrame cerebral ou isquemia precisa de socorro rápido. Saiba como identificar

A isquemia cerebral, ou Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVCI), também conhecido por derrame, é causado pela falta de sangue em uma área do cérebro por conta da obstrução de uma artéria. O AVCI pode deixar sequelas que podem ser leves e passageiras ou graves e incapacitantes. As mais frequentes são paralisias em partes do corpo e problemas de visão, memória e fala.