O prefeito Rafael Greca (PMN)  deixou nesta segunda-feira (7) o Hospital Marcelino Champagnat. Ainda se recuperando de uma cirurgia realizada no fim de 2018, ele comunicou sua alta por meio de uma mensagem no Instagram. No post, além de informar sua saída do hospital, Greca também agradece a equipe de médicos e enfermeiros que o acompanhou durante os 11 dias que permaneceu internado e destaca que os profissionais “trabalham no SUS curitibano”.

+ Leia mais: Mulher é atropelada por biarticulado no Centro, trânsito ‘dá nó’ na região

A assessoria de imprensa da prefeitura revelou que o prefeito ficará em repouso domiciliar pelos próximos sete dias, com alimentação leve. Greca deve voltar às atividades no próximo dia 14 de janeiro. Segundo o boletim médico, o prefeito apresentou boa evolução pós-operatória.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

View this post on Instagram

#GraçasADeus Neste momento, completamente recuperado, deixo o Hospital Marcelino Champagnat onde fui internado desde dia 28. Agradeço à brilhante equipe médica integrada pelos doutores Marco De George, Anna Flávia, Marlon Rangel e Carlos Eduardo Henze. Fiz selfies com todo mundo. Aqui a equipe de enfermagem com Patricia Ferreira, Ivanete Rubim, Michele Teixeira e Gabriel Glinski. Saibam todos que os médicos que salvaram trabalham no SUS curitibano, atendendo no Siate e operando no Hospital Cajurú. #VivaCuritiba

A post shared by Rafael Greca de Macedo (@rafaelgrecaoficial) on

Histórico

O prefeito foi internado no dia 28 de dezembro com sinais de indisposição alimentar, que já duravam alguns dias. Exames, no entanto, mostraram a existência de uma hérnia umbilical recidivada, ou seja, que já tinha sido operada no passado, mas retornou. Ela encontrava-se estrangulada pelo intestino delgado.

+ Leia mais: “Me aguardem”, diz Rafael Greca em vídeo após sair da UTI

Na cirurgia foi confirmada a perfuração no intestino delgado, causada pelo estrangulamento da hérnia. No procedimento, foi retirada uma porção de 30 cm do órgão e corrigida a hérnia umbilical.

Ele deixou a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) na última quinta-feira (4) e gravou um vídeo aos curitibanos.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Após polêmica, empresário desabafa: ‘Nem um cachorro a gente deixa jogado no meio da rua’