Um dos suspeitos de balear duas pessoas e matar uma garota de 15 anos, em julho do ano passado, foi preso nesta semana, em Campo Largo. O mandado de prisão preventiva foi cumprido contra Kleber Jacir Bernardes, 26 anos, conhecido como “Piche”. O cunhado dele também é suspeito de participar do crime e permanece foragido.

A investigação da delegacia apurou que “Piche” estava em uma festa, no bairro Ferraria, em Campo Largo, e se desentendeu com um grupo para defender a irmã, em 26 de julho. Ele foi até a casa do cunhado Juliano Ferreira Ribeiro, 20, o “Buiú’, que ele possuía um revólver, e pediu ajuda para matar os desafetos.

“Buiú” aceitou a proposta, entretanto, ao retornar, a festa tinha acabado e não havia mais ninguém no local. Como represália, “Piche” foi com seu Palio até outra casa, na mesma rua, onde era dada outra festa, e lá “Buiú” efetuou vários disparos.

Morte

Jéssica Caroline da Silva, 15, sobrinha do dono da residência, foi atingida por três tiros e morreu na unidade de saúde. Também foram baleados Crislaine de Lima Macedo, 25, e Luiz Eduardo Beira, 24. Os dois passam bem.

Dias depois do crime, “Piche” foi interrogado e liberado. O veículo usado no crime foi apreendido. Ao longo dos meses, ele e “Buiú” foram reconhecidos por foto por oito testemunhas. Apenas no início deste ano a Justiça de Campo Largo emitiu os mandados de prisão.