Três integrantes de uma quadrilha acusada de roubar quase 300 aparelhos de televisão e celulares de uma transportadora no Xaxim, em maio, foram presos por investigadores da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR). Outros quatro envolvidos no assalto ainda são procurados.

Com dois caminhões e uma Sprinter, os sete ladrões chegaram até a transportadora, na Rua Caroline Derosso, no Xaxim, por volta das 7h30 do dia 17 de maio.

Eles roubaram dez aparelhos Nextel dos 15 funcionários, e ordenaram que alguns deles ajudassem a carregar 286 aparelhos de televisão de led, de 42 polegadas, para os veículos deles. Os outros funcionários ficaram sentados, sob supervisão de um dos marginais.

‘Pelas características é evidente que teria que ser uma quadrilha estruturada. Provavelmente a carga já estava encomendada‘, deduz o delegado Hamilton da Paz, titular da DFR. Através das investigações, seis dos sete ladrões foram identificados e a Justiça expediu os mandados de prisão.

Os policiais realizaram uma operação na manhã de quarta-feira e prenderam André Ramos, 34 anos, em Maringá, Adilson José Ribas, 28, em Contenda, e Marcos Anhaia, 24, em Araucária.

Todos foram reconhecidos pelas vítimas. Mesmo assim, Adilson e Marcos negaram envolvimento no crime. André, de acordo com o delegado, era o mais violento da quadrilha.

Permanecem foragidos Itacir Alfredo Rodrigues, apontado pelas investigações como líder do bando, e Admilson Rodrigues. O nome do sexto procurado não foi divulgado para não atrapalhar as investigações.

Os policiais continuam em busca de pistas dos receptadores da carga e de alguém ligado à empresa, que pode ter repassado informações privilegiadas sobre a chegada da carga para os assaltantes.