O perfil do Instagram que denuncia aglomerações pelo Brasil durante a pandemia, @brasilfedecovid, publicou um vídeo que mostra uma grande quantidade de pessoas em bares da Rua Carlos de Carvalho, na esquina com a Alameda Prudente de Moraes. O vídeo foi feito na última sexta-feira (09), dois dias depois da Prefeitura de Curitiba anunciar a mudança para bandeira amarela de alerta para o novo coronavírus.

Por volta das 23h50 de sexta, as equipes da AIFU foram acionadas para fiscalizar dois bares na Rua Carlos Carvalho, onde havia cerca de 200 pessoas. Para ambos os proprietários, agentes municipais aplicaram uma multa de R$ 20 mil por estarem funcionando após o horário previsto pelo decreto municipal.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Brasil Fede Covid 🇧🇷🦠 (@brasilfedecovid)

LEIA TAMBÉM:

>> Curitiba aplica quase 30 mil doses sábado (10) e anuncia repescagem nesta segunda

>> HC de Curitiba busca voluntários para estudo sobre perda de olfato pós-covid-19

Ainda por volta das 23 horas, os policiais militares atenderam uma denúncia de uma festa clandestina no cruzamento das ruas Saldanha Marinho e Visconde do Rio Branco e no local encontraram cerca de 60 pessoas. “O evento acontecia no subsolo de um prédio e o dono do local e o promotor do evento  foram multados, cada um em R$ 50 mil, e encaminhados para assinatura do Termo Circunstanciado. “Este organizador já era procurado e conhecido por fazer outras festas desde o início da pandemia”, detalhou o capitão Goulart.

Em um bar no bairro Santa Felicidade, por volta de 00h30 deste sábado (10), os agentes encontraram 70 pessoas, após o horário permitido de funcionamento. O proprietário foi multado em R$ 30 mil pelo descumprimento do decreto municipal. Nesta situação, sete resistiram à ação e  acabaram conduzidos pelos policiais por resistência e desobediência.

Ainda na noite de sexta (09), as equipes da AIFU receberam uma denúncia de populares de que uma pessoa havia acabado de roubar um celular de um cidadão. Logo em seguida o suspeito foi detido pela PM e com ele estava o celular roubado. Sendo assim, ele foi encaminhado à Central de Flagrantes para as medidas cabíveis.