Três viaturas da Polícia Militar, uma da Guarda Municipal e outra de fiscalização integrantes da Aifu (Ação Integrada de Fiscalização Urbana) foram mobilizadas para investigar a denúncia de um bingo clandestino na Rua Guilherme Ihlenfeldt. O local já é famoso no bairro Bacacheri por abrigar, diz a lenda, uma casa de jogos ilegais. A ação aconteceu na tarde desta quinta-feira (20).

De acordo com a segundo-tenente da PM Carolina Felix, que comandou a incursão, uma denúncia anônima levou os policiais até o local. “Devido a grande movimentação de carros na região, alguém resolveu denunciar achando que tinha atividade na casa. Mas os carros estão aqui pela vacinação contra a covid-19 no colégio aqui na frente”, disse. A Escola Municipal Eny Caldeira é um dos pontos fixos da Secretaria Municipal da Saúde na campanha de imunização contra o coronavírus.

“Entramos no local com a ajuda de uma escada, mas não há sinais de movimentação, as portas de ferro estavam baixadas e tudo fechado. mas localizamos contas de água que mostram atividade no imóvel. Dessa vez, porém, não encontramos nenhuma movimentação”, concluiu.

Foto: Eduardo Klisiewicz

Desde sempre moradores da região comentam sobre a existência de atividades suspeitas no imóvel, que tem dois andares, muros altos e cerca do tipo ouriço para garantir a segurança de quem frequenta o espaço. “Sempre tem carro entrando e saindo, tudo muito rápido, homens e mulheres mais velhos. É tudo muito suspeito. A gente morre de medo”, confessou uma vendedora que mora na região e não quis se identificar.

Dali, os integrantes da AIFU foram averiguar outra denúncia de aglomeração no conjunto Solar, no mesmo bairro Bacacheri. Denúncias de atividades ilegais ou aglomerações devem ser feitas via o telefone 156 da Prefeitura ou mesmo 190 da Polícia Militar.