Os agendamentos do mês de julho para o Programa Municipal de Castração gratuita da prefeitura de Curitiba começam nesta quarta-feira (15), a partir das 12h. Serão disponibilizadas mil vagas para a castração de cães e gatos.

ONGs, protetores independentes e tutores elegíveis devem fazer a escolha dos dias e horários no site da Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba, na área de eventos.

+ Leia mais: Aplicativo de delivery vai bloquear clientes por fraudes em pedidos em restaurantes 

Podem ser atendidos animais entre cinco meses e oito anos. Os interessados devem estar com os cadastros em dia junto à Rede e atender aos requisitos de participação. 

Cuidados

Os atendimentos serão feitos nas clínicas contratadas pelo município. A Secretaria do Meio Ambiente observa e acompanha as diretrizes da Secretaria da Saúde em relação à pandemia da covid-19 e vai adequar, sempre que necessário, o esquema de agendamentos. 

O uso de máscaras é recomendado em locais fechados ou com aglomeração, assim como manter o distanciamento e o uso de álcool em gel e outros produtos adequados para higienização frequente das mãos. 

Procuração eletrônica

Para atender à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e resoluções do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), o site da Rede de Proteção Animal agora permite indicar quem será o acompanhante do animal no dia da cirurgia, se o responsável não puder comparecer. 

“É uma espécie de “procuração eletrônica” direto pela tela de agendamento”, explica o diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna, Edson Evaristo.

LEIA TAMBÉM:

>> Corridas de rua em Curitiba têm mais duas etapas no fim de semana no estilo Smart

>> Veja os serviços que abrem e fecham na prefeitura de Curitiba para o feriado de Corpus Christi!

Além da legislação, lembra o diretor, todos os animais atendidos pelo programa recebem microchip eletrônico de identificação, com código exclusivo vinculado aos dados do cidadão responsável pelo animal. 

Animais sob os cuidados de protetores ficam com seus dados vinculados ao animal que levam para castração até que sejam devidamente transferidos ao novo responsável quando adotados. “Se for constatado uso indevido, por exemplo para reserva e cessão de vagas, poderá haver a suspensão do acesso ao benefício”, alerta Evaristo.

Pantanal

Tibério proíbe Muda de falar com Alcides

Além da Ilusão

Úrsula rouba o bebê de Heloísa

Novidades

Comédia com Paulo Gustavo e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix, confira!

Carreira

Ganhadora do prêmio de pior atriz a vida rodeada de polêmicas, quem é Anne Heche?