A “prova de vida” para pessoas acima de 65 anos que são portadoras do cartão isento do transporte público de Curitiba foi prorrogada pela Urbanização de Curitiba (Urbs) até 30 de julho. A medida vale também para pessoas com deficiência ou patologias crônicas e aposentados por invalidez que possuem cartão isento. A prova de vida será retomada a partir de 1º de julho.

LEIA MAIS

> Hospitais, UPAs e postos de saúde: veja as mudanças no atendimento em Curitiba na bandeira vermelha

> Feriado de Corpus Christi 2021 será de poucos serviços abertos em Curitiba e celebrações online

“Com isso, evitamos que os idosos e as pessoas com deficiência, ambos do grupo de risco para a covid-19, tenham que se deslocar para renovar a validade do cartão neste momento em que é necessário o isolamento social”, diz o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

O cartão isento tem validade de um ano. Aqueles que venceriam nesse período, conforme a Urbs, terão a validade estendida até o fim de junho, sem a necessidade de reapresentação de documentos.

Atualmente são 170,3 mil cartões de idosos e 15,4 mil de pessoas com deficiência no sistema da capital.

Agendamento

A Urbs também prorrogou até 30 de junho a necessidade de agendamento prévio para atendimento presencial referente ao cartão-transporte. A medida é para evitar filas e aglomerações. O agendamento pode ser feito no site da Urbs.

O atendimento presencial na Rodoferroviária e nas Ruas da Cidadania funciona de segunda a sexta-feira das 11h às 17h.