Em duas grandes apreensões, a polícia tirou dos traficantes cerca de 160 quilos de cocaína. Entre sexta-feira e sábado, foram 80 quilos e um helicóptero apreendidos no interior do estado. Na segunda-feira (09) à noite, uma Kombi de frutas e verduras foi parada no bairro Cajuru, em Curitiba, saindo de uma residência com dois quilos da droga em meio às caixas de alimentos. Na casa, foram localizados mais tabletes, totalizando 78 quilos. Uma moça, de 26 anos, que estava ao volante da Kombi, acompanhada do sobrinho, de 14, foram capturados.

A denúncia sobre bandidos daquela região da capital estavam usando furgão, destinado ao transporte de frutas e verduras, para traficar drogas, chegou até a força-tarefa das polícias Federal e Militar, e também à Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc). No meio da investigação, as duas equipes se cruzaram e passaram a trabalhar juntas.

Por volta das 20h, a Kombi foi vista entrando na casa e uma hora depois, quando deixava o local, os policiais renderam a motorista e o garoto. “A casa foi alugada somente para armazenar a cocaína. Ninguém morava ali, era o depósito da quadrilha”, disse a delegada Camila Cecconello, da Denarc. Em média, cada quilo do pó é avaliado em R$ 45 mil.

A moça, que tinha passagens por receptação, foi levada com a droga para a Superintendência da PF (Santa Cândida). O garoto foi levado até a Delegacia do Adolescente (Tarumã). A polícia espera que o depoimento deles ajude a capturar os demais envolvidos na quadrilha.

Do céu

O golpe de policiais militares do 11.º Batalhão contra os traficantes do helicóptero vermelho, em Campo Mourão, foi um pouco diferente. A denúncia não aconteceu em segredo, mas sim com grande alarde nos céus da pequena cidade de Mamborê, a 470 quilômetros de Curitiba.

Na sexta-feira (06), a aeronave dos bandidos tentou pousar duas vezes perto do parque do lago no município, mas quando a viatura da PM tentava se aproximar para saber do que se tratava, o piloto levantava voo. A terceira tentativa foi em Campo Mourão e os quadrilheiros conseguiram desembarcar os 80 quilos de cocaína, que foram apreendidos pelos PMs. Sábado de manhã, moradores da zona rural ligaram, avisando que a aeronave estava abandonada em uma propriedade. A droga e o helicóptero foram levados para a Superintendência da PF em Maringá.