A forte chuva que atingiu Curitiba e região entre a noite de segunda-feira e manhã de terça-feira rendeu 11 registros de quedas de árvore ou galhos em vias públicas, outros 11 de alagamentos e quatro solicitações para fornecimento emergencial de lona, segundo boletim da Defesa Civil de Curitiba desta terça-feira. O alerta laranja de temporal do Inmet segue pelo menos até às 23h.

+Leia mais! Posso escolher qual vacina vou tomar? Prefeitura de Curitiba explica!

Balanço mostra que os bairros atingidos por queda de árvore foram Mercês, Hugo Lange e São Braz (duas), Pilarzinho, Ahu, Augusta, Cabral, Pinheirinho, Jardim das Américas e Água Verde.

O atendimento à residências que precisaram de lona ocorreu nos bairros Abranches, Cajuru e Boa Vista (dois). Já os pontos de alagamento ocorreram no Bairro Alto (três), Alto da XV (dois), Tarumã, Cajuru (dois), Tingui e Bacacheri (dois). Até o momento, não houve casos de pessoas feridas nem de que precisaram sair de suas casas (desabrigados ou desalojados).

Houve inundações nas imediações das ruas Fernando Amaro, Simão Bolivar, Marechal Deodoro e Conselheiro Carrão, no Alto da XV. Na Rua Fernando Amaro, dois condomínios tiveram garagens inundadas.

+Viu essa? “Homem pássaro” se joga de cima de um dos maiores prédios do Brasil. Veja!

Ainda, um muro caiu na Rua José Wosch Sobrinho, 178, no Tingui. Equipe da Coordenadoria de Segurança de Edificações e Imóveis (Cosedi) vistoriou o local e interditou a parte dos fundos de dois imóveis até que sejam executadas todas as medidas estruturais necessárias para garantir a estabilidade da edificação.