Um rapaz, com idade entre 20 e 25 anos e identificado apenas como “Catarina”, foi executado com dois tiros, um no queixo e outro na testa, no final da noite de segunda-feira (07), no Jardim Paloma, em Colombo. A vítima, que não portava documentos, estava num carreiro, próximo a um riacho, no final da Rua Rolândia.

Moradores contaram que ouviram barulho dos tiros por volta das 23h, mas ninguém teve coragem de sair de casa para constatar o que havia acontecido. Só por volta das 6h de ontem um vizinho encontrou o corpo e chamou a polícia.

A perícia encontrou junto à vítima quatro isqueiros e um marmitex de alumínio. “Um morador disse que a vítima já trabalhou de pedreiro numa casa da região”, disse o soldado Augusto, do 22.º Batalhão da PM. A Polícia Civil aguarda a identificação do corpo para dar andamento às investigações.