A Polícia Civil de Quatro Barras investiga a morte de um jovem de 22 anos e já tem possíveis linhas de investigação. Jhonatam Geovane Shoma foi morto quando chegava em casa, na Rua Angelo Vidolin, no Jardim Menino Deus, no final da noite desta segunda-feira (16). Logo que souberam do crime, familiares passaram informações que podem ser importantes aos policiais na elucidação do assassinato.

O crime aconteceu por volta das 23h, quando o rapaz se aproximou do portão de casa. Jhonatam viu o autor se aproximar e tentou correr para dentro da residência, mas foi executado com, pelo menos, cinco tiros.

A polícia soube que o jovem teria marcado encontro com alguém, mas ainda é um mistério sobre quem seria essa pessoa. Enquanto supostamente esperava pelo encontro, Jhonatam foi surpreendido por dois homens armados de pistola e revólver.

Familiares passaram informações que podem ser importantes aos policiais na elucidação do assassinato. (Foto: Colaboração/Marina Oliveto)

Ameaças e suspeitas

De acordo com relato de familiares, o rapaz tinha sido ameaçado há algum tempo, pelo atual namorado de sua ex. Outras informações também dão conta de que, apesar das ameaças, Jhonatam tinha dívida com traficantes da região.

Por causa das informações que chegaram ainda no local sobre o rapaz, os policiais começaram a desconfiar de que o crime pode ser passional ou relacionado às drogas. As investigações seguem pela Delegacia de Quatro Barras, que deve confirmar as informações passadas no local. Qualquer informação que possa ajudar o trabalho de investigação pode ser passada pelo telefone 3672-1562.