A busca por um aparelho celular roubado levou policiais militares a apreenderem mais de R$ 3.700 em pedras de crack em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, na noite da última sexta-feira (29). Um casal, dono da residência onde estavam a droga e o celular roubado, foram presos em flagrante por tráfico de drogas e receptação.

Os policiais militares do 22.º Batalhão foram em busca de um celular roubado, mas que tinha rastreador. Entrando em várias vielas do bairro Cesar Augusto, onde o rastreador indicava a localização do aparelho, os policiais se depararam com uma mulher falando ao telefone, em frente a uma residência. Provavelmente avisada por olheiros, a mulher correu para dentro da casa. Mas foi alcançada e abordada pelos policiais, que faziam a procura a pé pelos becos.

Os policiais questionaram a mulher a respeito do celular e ela acabou autorizando a entrada da equipe na casa. No quarto do casal, os policiais sentiram um cheiro forte de crack. Ao revistar o cômodo, encontraram 142 pedras já embaladas para venda e mais outras 3.580 pedras ainda sem embalagem, o que somou um total de 605 gramas de crack. Também apreenderam R$ 2.279 em dinheiro trocado, um rádio comunicador captando as frequências da polícia, seis celulares, um iPad, duas balanças de precisão, apetrechos para cortar as pedras e um caderno com anotações, possivelmente do tráfico.

O casal foi preso e levado à delegacia central de Colombo. Os filhos do casal, menores de 18 anos, ficaram com o avô, que também mora na residência.