Usuários do sistema de ônibus de Curitiba vão ter uma nova opção na hora de recarregar os créditos do cartão-transporte: seu celular. A prefeitura da capital paranaense anunciou que pelo menos três empresas de pagamento por aplicativos vão passar a oferecer créditos do transporte da cidade. Recarga Pay, Mercado Pago e Qiwi serão os primeiros a oferecer o serviço, mas a expectativa é que a lista aumente em breve.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Ainda não há uma data exata para quando o usuário poderá comprar crédito por meios desses aplicativos, mas a prefeitura estima que a novidade passe a valer já dentro das próximas semanas assim que as companhias realizarem alguns ajustes operacionais. As empresas que venderão os créditos pelos apps não cobrarão taxas pela comercialização.

De acordo com o prefeito Rafael Greca (DEM), a proposta faz parte do processo de modernização o sistema de bilhetagem eletrônica de Curitiba. Ainda assim, a venda pelo site da Urbs — empresa responsável pela administração do transporte público na cidade — e nas mais de 30 bancas credenciadas continua sem alterações. “Com o início das operações, os serviços oferecidos pelas empresas irão se somar aos pontos de venda que temos hoje”, destaca Greca.

+Leia também: ‘Viaduto triplo’ vai desafogar importante avenida de Curitiba. Entenda!

A princípio, somente as três empresas vão oferecer a compra de créditos via celular, mas é possível que mais apps contem com a novidade no futuro, já que o credenciamento ficará aberto até 2021.

Além disso, a Urbs antecipa ainda alguns outros projetos voltados para o transporte de Curitiba. Um deles é a instalação de totens para a compra de passagens em diferentes pontos da cidade e a implantação de modelos de compra para uso diário ou semanal. Também será possível recarregar o cartão diretamente pelo app da prefeitura, embora o modo como isso vai funcionar ainda não tenha sido detalhado.

Motorista de aplicativo ganha mais dinheiro após iniciativa de curitibanos