As manilhas que literalmente o “emparedavam” se foram há vários meses e o cenário desolador, de lixo entulhado e usuários de drogas escondidos no local, deu lugar ao trabalho frenético de operários que já finalizaram a recuperação da estrutura original (contrapiso, colunas e lajes), a construção das novas paredes internas, a instalação das imensas janelas externas e toda a parte elétrica e hidráulica. Na reta final das obras, o Restaurante Popular do Capanema tem previsão de ser reinaugurado na segunda quinzena de dezembro e é uma promessa de campanha de Rafael Greca, que criou o pioneiro local em sua primeira gestão como prefeito.

Nas próximas semanas, funcionários do consórcio ETM, responsável pelo renascimento do espaço, vão concluir as obras de acabamento do novo restaurante popular, localizado sob o Viaduto do Capanema, próximo à Rodoferroviária, no Centro da capital. Segundo Leandro Carlos Ribas, diretor da empresa ETM , o local já está 80% pintado e, nesta semana, os operários estão finalizando a colocação de azulejos em banheiros e áreas internas, do piso central de “granitina” e das forrações de teto em espaços de apoio.

Além disso, a equipe do consórcio será responsável por instalar interruptores, tomadas, luminárias e peças dos sanitários. “É uma obra que exige alguns cuidados, pois está sendo realizada sob um viaduto, que sofre dilatação natural, devido as variações de temperatura e ao tráfego. Assim, foi preciso todo um cuidado na hora da construção da nova alvenaria e da instalação das esquadrias das janelas”, lembrou o executivo.

O novo Restaurante Popular do Capanema, que integrará a rede administrada pela Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Smab), terá bilheteria, praça de alimentação, espaço de recebimento e manipulação das refeições, área de higienização de utensílios, banheiros, vestiários e salas de apoio. “Com a finalização das obras do consórcio, a Smab poderá iniciar a colocação, em seguida, dos equipamentos para servir refeições (que não serão preparadas no local), bem como das mesas e cadeiras da praça de alimentação”, afirma o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Luiz Gusi.

A reconstrução do Restaurante Popular do Capanema está recebendo R$ 1,3 milhão de investimento e é uma medida compensatória socioambiental pela implantação do estacionamento subterrâneo, sob a Avenida Presidente Affonso Camargo, pelo consórcio ETM, formado pelas empresas Estapar, Tucumann e J. Mallucelli. Além disso, o Governo do Estado repassou para a prefeitura R$ 345 mil, que estão sendo usados para a compra dos equipamentos para servir e do mobiliário da praça de alimentação.