As aulas das escolas municipais de Curitiba seguirão suspensas até o dia 2 de agosto. O decreto número 779, publicado a segunda-feira (15), amplia o período de suspensão das aulas presenciais que estavam previstas para retornar em 3 de julho. Porém, o período escolar dos estudantes segue em andamento por meio conteúdo on-line, disponibilizado pelo Canal TV Paraná Turismo 9.2 UHF e canal TV Escola Curitiba no YouTube. Em Curitiba, durante este período de isolamento, também é possível sintonizar o conteúdo pelo canal 4.2 (Rede Massa).

+Leia mais! “Estou pagando por lugares vazios nos ônibus”, diz Greca após protestos contra bandeira laranja

A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, esclarece que, considerando o panorama do novo coronavírus na cidade, medidas de reforço no isolamento foram necessárias. “Seguimos as orientações das autoridades de saúde e trabalhamos na construção de uma instrução normativa para quando chegar o momento de reabertura”, afirma a secretária. “O documento servirá de base para as unidades, com orientações de higienização, distanciamento entre estudantes, escalonamento de intervalos, entre outros pontos”, completa Maria Sílvia.

A rede municipal de ensino tem 140 mil crianças e estudantes matriculados em 185 escolas e 230 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), além dos 95 Centros de Educação Infantil (CEIs) que também seguem fechados, por força de decreto estadual que orienta a rede privada.

Aulas on-line

Segundo informa a prefeitura, as videoaulas trazem conteúdos organizados conforme o currículo da Secretaria Municipal da Educação. Estão disponíveis propostas da educação infantil e videoaulas de matemática, língua portuguesa, robótica, geografia, educação física, arte, ciências, história, ensino religioso, práticas da educação integral, literatura, direitos humanos e família, programa Linhas do Conhecimento, além da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Como acompanhar?

As aulas estão disponíveis pelo canal 9.2 da TV Paraná Turismo, das 8h às 21h, e no YouTube.

No YouTube, as aulas estão catalogadas por componente curricular (playlists de matemática ou história, por exemplo). Basta acessar o canal e assistir à aula referente ao ano no qual o estudante está matriculado.


Precisamos do seu apoio neste momento!

Este conteúdo te ajudou? Curtiu a forma que está apresentado? Bem, se você chegou até aqui acredito que ficou bacana, né?

Neste cenário de pandemia, nós da Tribuna intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise. Bora ajudar?

Ao contribuir com a Tribuna, você ajuda a transformar vidas, como estas

– Pai vende vende 1000 bilhetes de rifa com a ajuda da Tribuna pra salvar o filho
– Leitores da Tribuna fazem doação de “estoque” de fraldas para quíntuplos
– Leitores se unem para ajudar catadora de papel de 72 anos

E tem várias outras aqui!

Se você já está convencido do valor de sua ajuda, clique no botão abaixo