A Região Metropolitana de Curitiba também foi marcada pela violência no fim de semana. No sábado e no domingo aconteceram cinco assassinatos, sendo um deles com requintes de crueldade, em São José dos Pinhais. Luan Felipe Domingos, 18 anos, foi encontrado na manhã de ontem, amarrado a uma cerca de arame farpado, com uma pedra enfiada na boa (indicativo de que “falou demais”) e um tiro de pistola na cabeça. O crime aconteceu num campo do bairro Iguaçu. De acordo com a suspeita da polícia, tratou-se de uma execução praticada por mais de uma pessoa. Nos bolsos da vítima, a perícia encontrou um isqueiro e um cachimbo usado para fumar crack.

Também em São José, em Borda do Campo, Diego Ferreira de Matos, 23, foi morto a pancadas e enterrado nos fundos de sua casa, na rua Manoel Pires Cordeiro. Ele estava desaparecido desde quarta-feira e a cova com seu corpo foi encontrada por volta das 23h30 de sábado, pelo irmão e um colega. Na frente da casa, a polícia apreendeu um Corsa furtado no bairro Santo Inácio. Um adolescente de 17 anos, suspeito de ser autor do homicídio e que também morava com a vítima, foi detido. A polícia investiga se o crime foi motivado por desacerto referente a roubo de carro.

Colombo

Paulo Cezar de Ramos Júnior, 24, foi morto com seis tiros, na manhã de sábado, em Colombo. Ele estava dormindo, na Rua Frei Santa Rita Durão,Jardim Planalto, quando foi surpreendido pelos assassinos, que arrombaram a porta da casa e o chamaram pelo nome.

Fábio Alexandre
Morto na Rodovia da Uva.

Segundo a Polícia Militar, os dois suspeitos – armados de pistola e revólver – encostaram um Gol branco em frente a uma casa de madeira e foram até a residência nos fundos do terreno, onde o rapaz morava com as irmãs. De acordo com o sargento Andrade, a polícia já tinha recebido denúncias de que ele teria envolvimento com drogas.

Ainda em Colombo um homem de aproximadamente 30 anos foi morto com um tiro na cabeça, na madrugada de ontem. O corpo foi encontrado ao lado da Rodovia da Uva, próximo ao Contorno Norte, em Roça Grande. A vítima, que não portava documentos, vestia blusa cinza, bermuda preta e boné preto. O corpo está no Instituto Médico-Legal.

Mulher

Laura Terezinha Ponce Fernandes, 24, saiu de casa para comprar bolacha e leite, na noite de sexta-feira, e foi encontrada morta pouco depois, na Rua das Camélias, Jardim Guarituba, Piraquara. A jovem foi executada com um tiro na cabeça por volta das 00h30 de sábado. Pela manhã, a mãe dela compareceu na delegacia de Piraquara para registrar boletim de ocorrência. Não há informação sobre suspeitos.

Em Campo Largo, o motorista Hélio José Broszko, 44, foi morto com tiros na cabeça, às 14h de ontem. Dois homens que estavam em um Clio o abordaram quando chegava em casa, na Rua N, na Vila Torres, Ferraria. Os autores seriam os mesmos que mataram Antônio Carlos de Souza, o “Costelinha”, 24, também no Ferraria, na última quinta-feira.